quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Dr. Fafe, a minha vida é um caos, é trabalho casa e casa trabalho. Não consigo parar nem um bocadinho a brincar com os meus filhos. Como posso reorganizar os meus dias?

Ó Maria Fernanda,
Mas tu não vês que ‘a vida são dois dias e o Carnaval são três?’
Isto é muito simples. O que é que queres mesmo para ti: ter um emprego e perder a família ou conciliar o emprego e a família?
Por muito que pensemos que é impossível nos dias de hoje, isso são tudo tretas. O emprego tem de ficar limitado a um determinado número de horas. É certo que às vezes temos de fazer mais uma meia horinha para libertar algum trabalho, mas isso é exceção e não pode ser regra.
Lembra-te que os teus filhos só vão ser criança uma vez. Lembra-te que os teus pais não duram sempre. Lembra-te que a comida com aquele gostinho tão bom da tua avó não vai ser mais do que uma recordação no futuro.
O Patrão é chato? Mesmo que seja, ele se tu ficares doente e tiveres de abandonar o trabalho não te vai pagar por isso, pelo contrário, serás substituída com a maior das tranquilidades. Tu és a patroa? Defines uma hora para fechar e pronto!
Não dá? Experimenta e vê se não dá… Habitua-te a ter regras. As tuas próprias regras.
Experimenta fazer isso todos os dias. Jantar com a tua família todos os dias. E, de vez em quando, tenta chegar mais cedo para preparar aquela sobremesa que mais ninguém sabe fazer. Certamente que esse jantar, mesmo que seja uma lata de atum com cebola, vai ser muito mais animado.
Já agora, lembra-te que há vida para lá do jantar. Aquela lingerie sexy também pode ajudar a surpreender o pai dos teus filhos. Afina, quem não gosta de surpresas?

Sejam felizes!

P.S. Não te esqueças de perguntar aos teus filhos como correu o dia. E se eles tiverem trabalhos de casa, senta-te ao lado deles e tenta ajudar como se não houvesse mais nada no mundo. O futuro deles depende das tuas ações no presente.

Sem comentários:

Enviar um comentário