terça-feira, 7 de novembro de 2017

Bom dia Dr. Fafe. A minha melhor amiga tem outra amiga e agora não se largam. Ela ia comigo para todo o lado, mas agora parece que só quer saber da outra.

Amiga H.
Eu compreendo que não seja fácil ser trocada. Especialmente para duas mulheres que passaram anos juntas a partilhar as mesmas roupas, a tomar cafés inventados só para dizer mal da vestimenta das feiosas lá do bairro e sobretudo a ir à casa de banho juntas… mas tens de perceber, gaja que é gaja não pode limitar-se a uma só amiga. Gaja que é gaja precisa de estabelecer outras amizades, expandir os seus conhecimentos, nem que seja só para saber mais umas cusquices. É normal.
De qualquer das formas ficam as dicas:
1 – Não leves muito a sério. Estas amizades repentinas são parecidas com a política, hoje são muito amigas e amanhã dizem muito mal umas das outras;
2 – Deixa de fazer birra e junta-te a elas. É verdade que não vai ser fácil entrarem as três na casa de banho, mas podes sempre ficar ao espelho a retocar a maquilhagem e, assim, ficas a par de toda a conversa. Pronto. É claro, o cheiro é uma questão de tempo, primeiro estranha-se e depois entranha-se.

Vai lá. Não faças birra.

Sem comentários:

Enviar um comentário